Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Prémio Camoens.

por FJV, em 28.07.08

O Prémio Camões e os equívocos da rotatividade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 23.11.07
||| E não esqueçam!













[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 26.10.07
||| Quem é a mulher mais atraente da televisão portuguesa?
O Pedro Correia enfrenta a crueza de um dos inquéritos do Corta-Fitas. Neste caso, vale a pena conhecer os resultados.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 20.10.07
||| Questão básica e estruturante, 2.
Sobre este assunto, informam-me que era um Murganheira Grande Reserva de 1985. Temo bastante.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 19.10.07
||| Questão básica e estruturante.
Ora aí está uma questão. Um leitor do Abrupto ficou encanitado com a ideia de festejar o pré-acordo nupcial de Lisboa bebendo espumante. O José Medeiros Ferreira, que foi MNE e nota essas coisas, esclarece-me: «É Murganheira.» Se não ergo imediatamente um brinde ao acordo de Lisboa, pelo menos detenho-me nessa questão. O que deviam beber os cavalheiros? Tratando-se de um Tratado de Lisboa, seria curial beber-se vinho do Porto? Poder-se-á oferecer espumante a gente habituada a ser abastecida directamente de Reims? É assim tão bom o nosso espumante que mereça ser servido? Esta última questão parece-me importante: é, é bom. Não sei se se trata do Murganheira Assemblage de 1995, glória do Távora e do Varosa, com dez sumptuosos anos de cave (e que merece todos os elogios de João Paulo Martins), do fantástico Vintage de 2002, ou ainda do Cuvée Reserva de 1995, ligeiramente acima do Chardonnay de 2000. Gosto destes graves problemas de diplomacia.

P.S. - E não me digam que estas coisas não merecem atenção. Vejam como são tratados os nossos cozinheiros.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 27.09.07
||| José Mourinho reloaded.
«Não tenho a menor dúvida de que não há, na língua portuguesa, quem me chegue aos calcanhares.
E nada disto tem a ver com vaidade porque, como sabe, sou modesto e humilde.»
António Lobo Antunes, entrevista à Visão.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 24.08.07
||| A vida é assim.














Só no Brasil. A jornalista Mônica Veloso, o vulcão que criou o caso Renan Calheiros, o escândalo da moda, decidiu posar para a Playboy. Fez bem. As fotos foram tiradas na Gávea, um dos meus lugares do Rio. Perdendo-se um corrupto senador da República, ganha-se uma mulher na flor da idade. Chato, não?
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 10.08.07
||| Mamas & papas.













O João Villalobos fala de «afirmação exuberante da vida» a propósito de um post da Rita. Eu disso não sei, mas o assunto comove-me e, de alguma maneira, chama pelo melhor que há em mim – o apetite. Compreendo a zanga da Rita, que desanca um gordo madrileno que viajava no autocarro 152; mas não te entendo, Rita, quando fazes aquela pergunta puramente retórica «que fascínio é este dos gajos?». Nem queiras saber. É muito fascínio, mesmo.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 08.08.07
||| Fashion.





Uma grande notícia, que descubro na Veja, é que deixam de estar na moda as calças de cós baixo. Ou seja: as mulheres voltam a ter cintura e deixamos de ter de ver excrescências deselegantes e disformes a saltar das calças. Guardado passará a estar o bocado, como deve ser. A devolução da cintura às mulheres (os jeans Diesel e Levis já não produzem calças de cós baixo há longos meses) constitui um marco estético de primeira grandeza, acabando com corpos desfigurados pela moda de calças mais pirosa dos últimos tempos, desde a boca-de-sino. O cós baixo das calças transformou a barriga (a barriguinha, esse pedaço fatal e delicioso) em pança e material elástico transbordante, deformando o corpo de milhões de adolescentes e traumatizando outros milhões de mulheres maduras que deixaram de poder comprar calças decentes, com cintura normal.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.