Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Patriotismo, começa a saga.

por FJV, em 16.04.20

Os serviços da DGS têm agora novo trabalho: depois de nos ensinar como usar e retirar as máscaras, vão mostrar aos militantes do PSD como usar e manter a mordaça. Decretando que fazer perguntas sobre a ação do governo não é “patriótico”, o Dr. Rui Rio, calculista e compreendendo o povo, quer ser um “estadista imune à política”, como se não soubesse o essencial – que ela não vai de férias nem entra em confinamento, coisa provada, e de maneira letal e inteligente, pelo próprio primeiro-ministro, que já cilindrou o PR. Ninguém de bom senso pretende colocar em causa o governo ou o seu esforço atual – é da mais elementar inteligência prática, e não são necessários choques de eletrólitos para o perceber. Um mérito do governo, aliás, é nunca ter usado o argumento “patriótico” em seu apoio, e espero que o não faça (“O patriotismo”, dizia Samuel Johnson, “é o último refúgio de um canalha.”), mesmo quando corrige decisões erradas dos seus generais. Já para o Dr. Rio, se alguém duvidasse da DGS sobre a questão das máscaras ou sobre os seus números, por exemplo, era exilado para o purgatório. 

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.