Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para já, multemos.

por FJV, em 11.01.19

Em Singapura a multa para quem deitar uma ponta de cigarro na rua é bastante alta; também está banida a venda livre de pastilha elástica para que não acabe no chão, pisada e eternizada (andar nu em casa também é punido, mas isso é outro assunto). É Singapura. Em Lisboa, de acordo com as regras anunciadas ontem pela Câmara, as multas também são pesadas para quem deite beatas e pastilhas para o chão (e para os estabelecimentos comerciais que não disponham de cinzeiros públicos, por exemplo) – estas medidas são acompanhadas de muitas outras sobre a utilização de plástico ou recolha de lixo, por exemplo. É uma boa lista. Lisboa merece ser mais limpa. Há anos, Vasco Pulido Valente perguntava-se: Lisboa é suja porque é suja ou porque os lisboetas a sujam? A pergunta tem razão de ser. Tenho tendência para fazer piadas sobre multas desta natureza (não sei se são inconstitucionais, aliás), porque geralmente é o Estado que não cumpre os regulamentos. Ontem, fiz piadas com isto, sim: é a câmara de uma cidade suja que lança multas sobre quem faz lixo. Mas guardei a beata numa caixinha.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.