Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Anschluss.

por FJV, em 12.03.18

Apesar do Tratado de Versalhes, e do que se lhe seguiu três meses depois, em S. Germain-en-Laye (que determinou o fim da unidade austro-húngara) , nunca foi clara a vontade de manter uma Áustria independente; Hitler acrescentou dois factores: o “pangermanismo austríaco”, garantido por referendo (a par do poder crescente e ruidoso do partido nazi), e o antisemitismo das ruas, que o deleitava (além de ele próprio ser austríaco). Aquilo que fora uma sociedade livre, aberta e cosmopolita regressava, a pouco e pouco, à nuvem da Grande Alemanha que, do outro lado da fronteira, tinha levado Hitler ao poder e ao crime, diante da passividade de uma Europa que não estava disponível para enfrentar o demónio do novo Reich. A 12 de Março, há 80 anos (em 1938), o exército alemão desfaz as dúvidas e sobe o primeiro degrau da escalada pelo domínio dessa Europa amorfa e desistente, entrando na Áustria com aplauso. No dia seguinte, a Anschluss (anexação) é anunciada oficialmente. A Alemanha estava preparada para começar a guerra com este pequeno passo, esmagando a Áustria a pedido dos austríacos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.