Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tomem nota.

por FJV, em 29.08.08

Tal como o Pedro Correia, também eu acho que esta é uma passagem sublime, e sugiro que tomem nota: «O que a sensatez exige é que o Estado e a lei não se metam no que não é do Estado e da lei.» Palavras de Francisco Louçã.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Jorge C. a 30.08.2008 às 11:57

No tempo de Morais Sarmento na questão da tv do Estado diz o tele-evangelista na AR:

"A resolução do problema da RTP está na resolução do problema intrínseco da RTP, sr. ministro".
Sem imagem de perfil

De João Paulo Brito a 30.08.2008 às 12:54

Só não percebo porque é que o Camarada Anacleto e a sua trupe pseudo-revolucionária são tão libertários em Portugal mas quando se trata do Irão, de Cuba, ou da Venezuela, onde Chávez quer proibir a comercialização das Barbies , de repente, o Estado já pode interferir à vontade na vida privada das pessoas.
De qualquer maneira as leis da família em Portugal não passam de uma intromissão abusiva do Estado na vida privada das pessoas e são um dos ramos de direito mais estúpidos que existem.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.