Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Fumo em Caracas.

por FJV, em 13.05.08

O Público, na sua edição online, passou-se, cheio de moralidade e de pruridos, e descobriu que se fumava a bordo de aviões fretados onde viajava o primeiro-ministro, ou outras figuras do Estado. Grande novidade. Estranho muito que isso seja notícia, e ainda por cima assinada pelo meu amigo Luciano Alvarez. Ora aí está um epifenómeno transformado em primeira página de um jornal moralista. Nunca esperei ter de dizer isto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


41 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos P. Abreu a 13.05.2008 às 17:17

Pois. E eu nunca pensei ver Francisco José Viegas dar cobertura à vergonhosa atitude do sr. Sócrates e comandita. O problema não está no acto de fumar num voo comercial (havia mais passageiros a bordo, além do pessoal), mas no à-vontade com que esta gente se permite mandar a lei às malvas quando isso lhe convém.
Estou certo de que, um dia, o sr. Sócrates há-de pagar caro o canudo da farinha amparo, as visitas e abraços a ditadores, etc.. De lamentar é que esse dia pareça vir longe - e virá tanto mais longe quanto mais abundarem posts tristes como este.
Sem imagem de perfil

De nelio a 15.05.2008 às 00:45

voo comercial? diz-se por aí que o avião foi fretado. agora as comitivas viajam em voos comerciais? deve ser para poupar mais uns euritos para combater o défice...
Sem imagem de perfil

De nelio a 15.05.2008 às 00:50

voo comercial? então agora as comitivas viajam em voos comerciais? deve ser para poupar uns euritos e reduzir o défice. e eu a pensar que avião tinha sido fretado e que nesses casos é o fretador que estabelece as regras...

Comentar post



Ligações diretas

Os livros
No Twitter
Quetzal Editores
Crónicas impressas
Blog O Mar em Casablanca


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.