Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lip service. Acordo Ortográfico visto de Inglaterra, ooops, de Madrid.

por FJV, em 02.05.08
No The Independent de hoje, artigo assinado pela correspondente em Madrid: «Portugal may have to recognise the inevitable by bowing to the economic and cultural predominance of Brazil, its former colony. The once proud imperial power is considering reforming its language to accommodate recent linguistic developments in the South American economic powerhouse, with which it shares a language.»

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De CC a 02.05.2008 às 13:57

E a Tata comprou a Jaguar. O império contra-ataca!
Imagem de perfil

De Pâmelli a 02.05.2008 às 15:46

Ridículo!
Cada país de língua portuguesa deve manter a sua maneira de falar e escrever. O português brasileiro é perfeitamente compreensível para os lusitanos e vice-versa - apenas o sotaque do português clássico é mais difícil de entender para nós , brasileiros , mas isto não é razão para quererem unificar a língua.
Imaginem se amanhã a Inglaterra tivesse que mudar a sua gramática para escrever igual aos americanos! Ou os franceses, para ficarem igual aos canadenses ( canadianos aí, né? :-)) ou suíços... Ridículo.
Cada país, ex-colônia ou colonizador, deve manter suas tradições e o seu jeito de falar e escrever sua própria língua. A língua de cada país faz parte de sua riqueza cultural. O que estão querendo impor é uma ditadura linguística!!
Sem imagem de perfil

De MN a 04.05.2008 às 00:28

a) Ninguém vai mudar a forma de falar, apenas a ortografia.
b) Todas as línguas internacionais o fizeram, menos o inglês e o português.
c) Não se trata de mudarmos para português do Brasil.
d) O artigo do Independent está cheio de erros: ninguém vai mudar "húmido", nem "facto", nem se trata de adoptarmos o português do Brasil.
e) De novo: ortografia não é igual a língua.
Por fim: o acordo, de facto, não serve para nada. Mas é apenas um acordo restrito, que vai alterar nem 2% das palavras da língua.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.