Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 07.09.05
||| Livros escolares.
Tal como os incêndios, os livros escolares. Só se fala do assunto quando chega o início do ano lectivo e, na verdade, como sabem os professores (e não sabem os pais), devia falar-se do assunto logo em Março. Além do problema do preço há outros: a sua qualidade (aspectos científicos e ortografia incluídos), a homologação, o sistema que leva editoras a apostar no escuro e a ter de rendibilizar o investimento, a «angariação de clientes», aspectos pedagógicos relevantes (como, por exemplo, escrever nos manuais -- o que, além do mais, os inutiliza para anos futuros), aspectos técnicos nada dispiciendos (já alguém pensou que os livros são tão caros porque têm aquele aspecto gráfico, aquele papel pesado e outras manigâncias provavelmente desnecessárias?). Por exemplo.

(Ver, entretanto, esta notícia.)

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De F. A. M. a 13.09.2005 às 17:36

Todos sabem que nós sabemos que há muitos professores que seguem religiosamente os manuais e os seus materiais. Se os manuais são péssimos, como muitos (e não todos), são, tanto pior. Já agora, eu fiz estágio pedagógico, e nesse estágio, fui pacientemente educado a "usar o manual". E vi como é possível passar um ano só com o manual. Não se tente encobrir o que é óbvio. Claro que há excepções. Isso também é óbvio.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.09.2005 às 04:00

Os manuais são péssimos, inçados de preconceitos, banalidades e disparates (é folhear qualquer um desses embrulhos que 'ensinam' história, geografia, português. Mas o pior é que são apenas o reflexo do desastre geral: uma imensa maioria de profes medíocres e absentistas, programas imbecis que se estendem por 76 páginas (!!!) de palavreado oco, indisciplina total, exclusão de disciplinas fundamentais, encarniçamento ideológico, obsessão bacoca por 'computadores', sexo e inglês...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.09.2005 às 16:28

Como é que podem dizer que o manual poupa trabalho ao professor? Alguém com dois dedos de testa, sabe que os manuais são mal elaborados, estão cheios de erros e muitas vezes pouco mais se aproveita do que as imagens...Também já é habitual fazerem dos professores o bode expiatório deste país!!! Esquecendo-se que seguem apenas os programas emanados do ministério da educação..sugiro por isso que se despeçam todos os professores, as escolas continuam abertas e os meninos aprendem sózinhos em auto-gestão! O resto os pais ensinam porque esses nunca se enganam e raramente têm dúvidas! depois não vamos longe!
Sem imagem de perfil

De alias a 08.09.2005 às 11:30

Acrescento outro pormenor: os manuais (pelo menos na área das Letras, que melhor conheço) são cada vez mais feitos para poupar trabalho ao professor. O manual apresenta textos, apresenta questionários, apresenta soluções (como se, em certos pontos de disciplinas como Língua Portuguesa houvesse soluções...), junta vídeos, CD'S e CD'S rooms. Tudo a poupar trabalho aos professores.
[F.A.M.]
Sem imagem de perfil

De Ana Cláudia Vicente a 08.09.2005 às 02:32

Se a questão específica dos manuais tem que se lhe diga e faça, já o sazonal choradinho mediático com a soma das despesas de regresso à escola é incompreensível. Presumindo que não falamos de famílias com rendimentos baixos, apoiadas parcial ou totalmente pelo Estado/SASE, quem com dois dedos de testa pode regatear perante um jornalista o investimento anual em ferramentas de apoio ao estudo?
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 07.09.2005 às 13:54

Porque é que uma editora apresenta mais que um livro para a mesma disciplina do mesmo ano lectivo?

Ninguém Investiga os "Delegados" das editoras nas escolas, que têm opinião na decisão de adoptar os livros para as disciplinas?
Sem imagem de perfil

De Sérgio Aires a 07.09.2005 às 13:14

Quando vi a cara de tristeza e decepção da minha filha a olhar para os livros do 1.º ciclo percebi imediatamente que uma boa parte do abandono escolar massivo em Portugal também pode estar a passar por aqui. Se logo e apenas pela visualização dos livros surge tal desmotivação imagine-se quando começarem as aulas...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.09.2005 às 10:50

Há quem fale desses assuntos o ano todo. As pessoas é que só ouvem no Verao na tv.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.