Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 05.03.06
||| Capote.
E se houvesse uma Entidade Reguladora para a literatura, hein? O que seria feito de Truman Capote? Teria, pelo menos, a caneta apreendida. «O escritor faz o que for necessário para conseguir o que lhe interessa: mente, corrompe (com dinheiro, o diretor da penintenciária), engana, ilude, seduz, elogia, dá bebida, muda de roupa, paga os advogados dos assassinos. O que lhe importa é conseguir o livro, a reportagem. Faz tudo isso friamente. Os fins justificam os meios. A palavra ética não se lhe ocorre. Não faz parte do seu universo mental.»

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.