Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 27.11.05
||| Os cem anos de Verissimo.
Para quem vem do mar, Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, inaugura o chamado território das missões. Erico Verissimo nasceu aí em 1905 e atravessou quase todo o nosso século XX. Estive duas vezes em Cruz Alta quando descia em busca da paisagem das missões – campos cruzados de rios, lagoas, neblinas, na direcção da Argentina e, mais ao norte, do Paraguai. É naquela parte do Brasil que se descobre com mais clareza que Camilo, bem como o nosso século XIX, tinha razão. Não se tratava de Brasil mas de Brasis. Texto completo aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De monica a 29.11.2005 às 22:52

a não perder, ainda hoje, é "México - história de uma viagem". lê-lo no próprio México é uma outra viagem, ao centro de um povo. tenho um exemplar precioso: autografado pelo EV (acredito eu).
Sem imagem de perfil

De Teófilo M. a 28.11.2005 às 14:53

Fez bem em recordar, pois é estranho que Veríssimo seja tão pouco conhecido cá em Portugal.

O primeiro que li dele, foi o Gato Preto em Campo de Neve, e a seguir, claro, Olhai os Lírios do Campo... depois vieram outros...

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.