Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 30.11.05
||| Não é assim, não se desculpe a rapaziada.
Não. Ao contrário do que diz este despacho da TSF, este não é o único prémio literário que Mário Cesariny aceitou receber. É que, pese embora a surpresa de muita gente, este é o prémio que finalmente deram a Mário Cesariny de Vasconcelos. Tal como a distinção do presidente da República, aliás. Causa estranheza, isso sim, que só agora essa distinção chegue a Cesariny, depois de as ordens e comendas andarem a ser distribuídas a tanta gente (sim, eu faria o discurso habitual sobre a irrelevância de alguns comendados). Cesariny não recebeu esses prémios até agora, porque tinham medo dele, porque era homossexual, porque era um homem livre e porque a rapaziada não podia contar com ele para dar o nome e calar-se. Portanto, não se desculpe a rapaziada. Ele aceitou receber este prémio, sim; mas porque lho deram, naturalmente. Os outros prémios, simplesmente não lhos tinham atribuído. Ah, mas a rapaziada gosta de valorizar os seus prémios, não é? De converter escritores malditos. Não é esse o caso.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.