Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 16.03.07
||| Chocante.
O caso dos trabalhadores portugueses libertados em Espanha é muito chocante. Hoje, na rádio, ouvi vários testemunhos sobre o assunto, nenhum deles surpreendente, sobretudo de emigrantes que contavam as suas experiências em França, Espanha, Inglaterra ou Alemanha. Muitos deles viveram vidas de horror, em nome da família e dos filhos. Todos o sabíamos, todos o sabemos. Por isso se torna ainda mais urgente tratar bem os imigrantes que chegam a Portugal.
Ouvi várias vozes erguer-se «contra Espanha». Mas, salvo erro, a polícia «deteve 17 pessoas, 13 das quais também portuguesas». Conta o Público. Eu pergunto-me: porquê esse «também»? Também, como se fosse excepção? 13 entre 17 dos que entregavam os trabalhadores portugueses em Navarra são portugueses, seja de que designação tribal forem.
Portanto, nada de empurrar o pó para debaixo do tapete do vizinho. O nosso tapete está sujo. Indigno de ver-se, aliás, com as carrinhas de recrutamento a funcionarem em plena luz do dia no Norte do país.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.