Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 31.07.07
||| O homem novo.









«Durante o regime dos Khmer Vermelhos (1975-79), Duch dirigiu a prisão de Tuol Sleng (com o nome de código S-21), um antigo liceu de Phnom Penh transformado em centro de tortura, onde se estima que 14 mil pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram torturadas antes de serem executadas. Os detidos, acusados de serem inimigos da revolução lançada por Pol Pot, eram sujeitos às piores atrocidades e forçados a confessar os mais variados crimes – na maioria das vezes de serem agentes da CIA ou do KGB – antes de serem levados para campos nas imediações onde seriam executados a tiro.» Duch, aliás Kang Kek, foi hoje formalmente acusado de crimes contra a humanidade, cometidos no Camboja sob o regime de Pol Pot. Ele não queria saber de minudências. Também quis construir o homem novo.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.