Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 27.11.06
||| O Último Negreiro.
O livro de Miguel Real é um romance histórico; denso, escrito no fio da história, correndo contra a História, retomando a biografia fantástica de Francisco Félix de Sousa, o último negreiro. Nunca li antes uma descrição assim de Salvador e da Bahia dos séculos XVIII e XIX; nem uma abordagem tão dolorosa da escravatura (sem o kitsch do anacronismo); nem uma viagem assim entre o Brasil e África (Ajudá). Recomendo muito.

«Francisco Félix de Sousa cerrou a meia-pálpebra, fixando no céu do pensamento o clarão alvo da estrela que nessa noite de fim de ano de 1797 brilhara só para si, prometendo-lhe mais meia vida, só três dedos da mão direita lhe obedeciam e Francisco Félix de Sousa agarrou a estrela entre os dedos, prometendo ao Senhor dos Navegantes que seguiria a rota daquela estrela se sobrevivesse à macetada final, dá-me mais meia vida, Senhor dos Navegantes, articularam os lábios imóveis de Francisco Félix de Sousa, deixa-me experimentar a paz que nunca tive, Senhor dos Navegantes…»

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.