Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O desconhecido Christopher Little.

por FJV, em 18.01.21

Hoje, que passam 140 anos sobre o nascimento de um dos grandes editores franceses, Gaston Gallimard, gostava de vos recordar que, em 1995, o agente literário Christopher Little tinha enviado para o lixo o manuscrito de um livro intitulado Harry Potter e a Pedra Filosofal. A autora, Joanne Rowling, vivia em Edimburgo, tinha atravessado um mau período em Portugal e enviara-lho cheia de esperança. Uma assistente de Little, Bryony, gostou da encadernação e recuperou-o do lixo. Little leu-o e levou-o a 12 editores, que o recusaram. Até que uma pequena editora, a Bloomsbury, decidiu publicá-lo, com um adiantamento de 3000 euros e uma tiragem de 500 exemplares. Saiu em 1997, os americanos pagaram 110 mil dólares para poder publicá-lo e a Warner deu quase 2 milhões pelos direitos para cinema. Joanne, que mudou o nome para JK Rowling, tem uma fortuna de 850 milhões de euros, graças ao trabalho de Little, cuja vida dava um filme. Morreu em Londres, aos 79 anos, foi vendedor de madeira, têxteis e papel no Oriente (onde viveu grande parte da vida), trabalhou na banca e gostava de râguebi. 

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ligações diretas

Os livros
No Twitter
Quetzal Editores
Crónicas impressas
Blog O Mar em Casablanca


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.