Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Em busca dos pecadores.

por FJV, em 27.09.19

Volto às “questões ambientais” por instantes. Uma das coisas que mais me impressiona é o facto uma boa maioria dos fanáticos que exerce militância no campo das “alterações climáticas” achar que tudo isto é novo, e que as gerações anteriores tudo fizeram para “destruir o planeta”. Por isso a sua mensagem é tão infantilóide – e a ideia de que a sua missão está “para além da ideologia” é tão perigosa. O resultado não é uma discussão ou uma negociação sobre como vamos alterar os nossos hábitos (em meu entender, regressar a certos hábitos), mas uma sanha persecutória contra os pecadores. Não contra as empresas poluidoras, os governos que desrespeitam os acordos, a falta de vigilância e de cuidado – mas contra quem come carne, usa champô, não se comove com o discurso de Greta Thunberg e, sobretudo, contra quem não usa palavras mágicas e já gastas como “sustentável” ou “pegada de carbono”. Um dia vão descobrir que certos hábitos, que detestavam nos seus avós, eram realmente os mais corretos. O mundo não nasceu hoje com esta geração justiceira – é uma soma de passados.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.