Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ninguém se acusa.

por FJV, em 09.09.19

Catarina Martins diz que o programa do Bloco é social-democrata (na verdade, o Partido Operário Social-Democrata Russo foi criado em 1899; Lenine aderiu em 1903) e que as barragens são um perigo porque a água evapora. O primeiro-ministro anuncia querer um Erasmus lusitano para que os estudantes conheçam o país (o turismo é a nossa grande obsessão), contactando com “outros territórios, saberes e espaços” e não se fiquem pela “onda do surf”, como se a Ericeira estivesse à compita com Paredes de Coura. O dr. Rio, logo a seguir, depois de mencionar que esse Erasmus do interior é uma “oportunidade para os jovens portugueses conhecerem o seu próprio país”, informa, na qualidade de candidato ao parlamento, que a condição de deputado “não o entusiasma completamente”, mas que lá estará. Como Jerónimo de Sousa mantém que nunca apoiou o governo que agora vitupera, e que nem o conhece, só nos faltava André Silva, do PAN, a garantir a obrigatoriedade da existência de sombra para animais nos pastos, e de animais adoptados nas escolas. Apesar de ainda estarmos em setembro, ficamos conversados.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.