Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



50 anos de Woodstock.

por FJV, em 15.08.19

O que une Richie Heavens a Melanie, Janis Joplin a Jimi Hendrix, Joe Cocker aos Santana, Joan Baez aos Credence? Terem participado no festival de Woodstock, há exatamente 50 anos. Bob Dylan, que vivia lá, em Woodstock, não participou, diz-se que irritado pela quantidade de hippies que invadiu a cidade, ou porque tinha um contrato para outro concerto. Seja como for, tratou-se do maior ajuntamento de rock de sempre, pela sua intensidade, pelo momento histórico e pelas consequências – não pelo número. Vi o filme quase dez anos depois, que valeu pelas atuações de Crosby, Stills & Nash, Joe Cocker e Janis Joplin. A América nunca mais recuperou desse fim de semana, nem das suas imagens. Grande parte da “geração de Woodstock” sobreviveu-lhe, felizmente, mas, como costuma acontecer, o mito é maior do que a sua circunstância. Havia demasiados hippies e o “amor livre”, misturado com o combate à guerra do Vietname, tem um belo efeito cénico para nostálgicos que depois, ou não recuperaram (ficaram sempre crianças) ou se transformaram em famílias com histórias para ocultar. Cinquenta anos.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.