Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Gentileza machista.

por FJV, em 09.07.19

Assisti, com profundo interesse, a uma discussão sobre a natureza do cavalheirismo – na qual participavam algumas feministas, pessoas de responsabilidade em “políticas públicas” e gente que, inexplicavelmente, existe. A ideia é a de que o cavalheirismo é uma forma encapotada de machismo e até de abuso sexual, porque, ao agir com educação e donaire, os homens pretendem é passar à fornicação e ao apalpanço e, no fundo, quando seguram a porta para uma senhora passar desejam é submetê-la às suas ordens. O argumento procede. Sou do tempo em que éramos educados a levantar-nos quando uma senhora entrava ou saía da sala (para nos exibirmos), a oferecer-lhe o lugar no autocarro (para a ver melhor), a ajudá-la mudar o pneu do carro na estrada (para demonstrar a sua inabilidade), a não dizer palavrões diante de senhoras (para impressionar as suas mães) e até a cozinhar para elas (para lhes roubar as panelas) ou a satisfazer os seus legítimos desejos e vícios carnais (para que não pensem que somos, afinal, uns inúteis). Dito isto, concordo com as feministas – mas é só por gentileza machista.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.