Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Alhos e talhos. As causas de hoje.

por FJV, em 03.07.19

Apaixonam-me as “causas” atuais. No domingo passado, o Sunday Telegraph publicava uma carta de um leitor (é uma secção imperdível na imprensa inglesa) que tinha escolhido o alho como alvo da sua paixão pelo Brexit: agora que o Reino Unido ia sair da União Europeia, era a altura de salvar a honra da pátria deixando de cozinhar com alho, legume que, na sua pateta ignorância, é coisa de franceses. Gente para tudo. Por falar em França, em 2018 houve cerca de vinte ataques a talhos e peixarias, que foram vandalizados por militantes veganos e vegetarianos, defensores dos direitos dos animais e outras variantes do ecologismo urbano-burguesoide de hoje; na semana passada houve uma manifestação aguerrida contra o consumo de carne e peixe, protagonizada por gente dedicada a salvar o mundo pintada de sangue falso ou maquilhada de sereia. Porém, como a bondade extrema é uma coisa violenta, dedicaram-se também a partir vidros de lojas de alimentação. Ironia do destino, um dos militantes animalistas mais aguerrido foi mordido por um cão-polícia sem paciência. O humor nunca dorme.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.