Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O chuchu.

por FJV, em 21.03.19

Segundo percebi, o chuchu, simpático legume das Américas que tanto pode fazer pela nossa saúde, foi entronizado na categoria dos “superalimentos” e há uma corrida por ele nas prateleiras dos supermercados. Já comprava chuchu para a sopa, vou agora aprender a cozinhá-lo de todas as maneiras. Há tempos, o abacate, outro “superalimento”, causou uma séria tempestade nos mercados financeiros – chegou a 5 dólares a unidade – e, inclusive, assaltos a supermercados (depois de a China ter aproveitado uma crise no abacate mexicano e ter comprado 4 mil toneladas do fruto). Antes do abacate, houve a febre da batata doce (que continua), a da beringela e a dos brócolos (irrita-me que os cozam por mais de três minutos) – e uma caixa de couve galega custava em Londres cerca de 40 libras porque, lá está, era um dos “superalimentos” recomendado pelos nutricionistas. Aguardo ansiosamente pelo momento em que a abóbora-manteiga entre na lista, juntamente com os grelos, o robalo da costa de Sesimbra, e a alheira de Vinhais. O arroz de tomate também me dava jeito, pelo sim, pelo não.

Da coluna diária do CM.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.