Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O pai dos povos.

por FJV, em 18.12.18

Iossif Vissarionovitch Djugashvili nasceu há 140 anos, a 18 de dezembro de 1878, em Gori, na Geórgia – um aniversário cumprido hoje. De 1922 a 1953, período em que ocupou o cargo de secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética, o destino do mundo dependeu, em parte, deste homem corajoso, violento, inteligente, calculista, frio, um provocador e arrivista antes de chegar ao poder, um ditador implacável depois de o conquistar – e responsável, tanto pela vitória sobre os nazis na frente Leste, como por um regime cruel e desumano que transformou um continente inteiro num campo de concentração e num cemitério de dezenas de milhões de vítimas. José Estaline, para abreviar (adotou esse nome por volta de 1918; usara o de ‘Koba’ nos anos de juventude), ainda faz parte da galeria dos ditadores a quem os seguidores desculpam as purgas, as deportações e perseguições, o gulag, os julgamentos sumários, as várias “limpezas” e condenações à morte e à fome. O “pai dos Povos” deixou atrás de si um rasto de crueldade, heroísmo e traição. É uma figura tão fascinante como absurda.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.