Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



John Lee Hooker. Don‘t Look Back.

por FJV, em 23.06.11

Aos oitenta anos, John Lee Hooker (1917-2001) publicou um álbum inesquecível, Don’t Look Back. Os que o conheceram apenas com essa idade não reconheceram no seu som toda a eloquência melancólica dos “Chicago blues”, comandada por uma guitarra que se tornou um ícone de toda a sua obra. Uma obra-prima, Don’t Look Back (a canção com esse título é reinterpretada em dueto com Van Morrison) também não resume uma carreira com cerca de cem discos publicados, de onde trauteamos “Boogie Chillen”, “Serves Me Right To Suffer”, “Boom-Boom” ou “One Bourbon, one Scotch, one Beer” – mas é um bom começo para quem não foi ainda tocado pela magia dos ‘blues’ e daquela arqueologia negra, profunda. A sua voz era única, um apelo das profundezas. Morreu há dez anos, assinalados esta semana.

[Na coluna do Correio da Manhã]

 

“One Bourbon, one Scotch, one Beer”
“Boom-Boom”
“Serves Me Right To Suffer”
"Don’t Look Back" [com Van Morrison]

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Baixar MSN a 27.03.2012 às 15:49

Belas canções!

Comentar post



Ligações diretas

Os livros
No Twitter
Quetzal Editores
Crónicas impressas
Blog O Mar em Casablanca


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.