Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Costa do Marfim.

por FJV, em 19.12.10

Espera-se que, desta vez (ao contrário do que aconteceu no Ruanda), a ONU não ceda — e permaneça na Costa do Marfim, pelo menos até à cada vez mais improvável data da tomada de posse de Alassane Dramane Ouattara. Para quem se recorda de outros cenários africanos, o ambiente é semelhante, com gangs preparados para o combate, vindos da Libéria e de Angola para apoiar a formação de um novo Zimbabwe.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.