Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lembranças.

por FJV, em 13.11.10

«A facilidade, ou a corrupção, de certos espíritos é por vezes tão grande, e a febre que sentem alguns outros, que não são fracos nem maus, de fazer qualquer coisa é tão extraordinária, que, se não forem contidos nos limites que lhes são prescritos pelo temor da sua perda absoluta, haverá sempre quem seja antes levado a fazer maus tratados que a não fazer nenhum.»

Richelieu, Testamento Político

[Tradução de Carlos Leone]

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.