Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A embrulhada.

por FJV, em 24.09.10

A este propósito («...a trapalhada do costume. E ainda não acabou.»), como se esperava, cá está a trapalhada: segundo o tal tribunal arbitral do desporto, Queiroz pode treinar.

Mas uma coisa me surpreende nesta peça: a Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) anunciou a 30 de Agosto a suspensão de Carlos Queiroz por seis meses; esta semana, a ADoP, entretanto, acha razoável a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) e, segundo o Secretário de Estado, a mesma ADoP (a mesma que a 30 de Agosto suspendia Carlos Queiroz por seis meses) afinal «não tem nenhuma razão para impedir que o ex-seleccionador nacional possa exercer a sua profissão» enquanto não houver decisão final. Quando houver decisão final, que poderá levar vários meses, o caso terá prescrito. Nessa altura, a FPF despediu Carlos Queiroz, a ADoP despediu Carlos Queiroz – e Carlos Queiroz poderá (depende do acórdão do TAD) pedir uma indemnização à FPF e à ADoP, para aprenderem a não brincar com o tempo e o trabalho dos outros. É o que estão a pedir.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.