Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Chabrol. 1930-2010.

por FJV, em 12.09.10

Dizem que a paixão de Claude Clabrol pela comida e pelo vinho talvez tenha encurtado a sua vida. Não interessa. Está a salvo depois de ter escrito (com Rohmer) sobre Hitchcock; depois de ter juntado Huppert, Sandrine Bonnaire e Jacqueline Bisset para adaptar um livro de Ruth Rendell e de ter usado Mathilda May para a adaptação de Patricia Highsmith; depois de Violette Noizière; depois de ter adaptado Maupassant; depois de ter escurecido os ecrãs com os seus filmes; etc, etc., muito mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.