Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cunha Leal.

por FJV, em 06.05.10

Há personagens de romance que entram pela política e a marcam em definitivo. O tempo escolhe as melhores personagens, e uma delas é Francisco da Cunha Leal (1888-1970), este sábado homenageado no Fundão. Figura de destaque da oposição ao salazarismo, o seu trajeto político vem da I República, que viveu intensamente, com entusiasmo, coragem e contradições – como a época exigia, aliás. A meio do século XX, viu antes dos outros a necessidade de antecipar mudanças que, depois foram trágicas (a economia e as colónias, por exemplo). A imprensa vibrava quando se anunciava um discurso de Cunha Leal; como político, distinguir-se-ia dos de hoje – pela voz. E por não ter medo de provocar escândalo entre os dogmas bem comportados da esquerda ou da direita. Coisa rara. Ave rara, ele.

[Na coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.