Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mindlin.

por FJV, em 03.03.10

O nome de José Mindlin (1914-2010) é um antídoto contra a ignorância sobre o Brasil. A vida do paulista bibliófilo (e bibliómano) é, também, um antídoto contra a ignorância em geral — sobretudo de muitos dos seus pares e de quase toda a legião de letrados profissionais. Formado em direito, trabalhou toda a sua vida em outras áreas profissionais (tecnologia e empresas de investigação tecnológica, essencialmente); a bibliofilia ocupou-lhe tudo o resto. Como ele, outros bibliófilos ocuparam a biografia do Brasil dos anos cinquenta, sessenta e setenta, construindo bibliotecas pessoais que depois doaram (como o caso de Mindlin, que entregou as suas coleções à universidade), provando que há uma responsabilidade social dos ricos — a mesma que levou à formação de coleções privadas nos grandes arquivos brasileiros e à criação de fundações privadas com objetivos declaradamente públicos. A vida de Mindlin, um amigo de Portugal, é um exemplo de paixão pela bibliofilia, com a vantagem de não se ter deixado dominar pela paranóia da glória.

[No Almocreve, como de costume, links para saber mais.]

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.