Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

por FJV, em 20.05.07
||| Praia, 2 (os alemães).
Um casal, naquele período fatal do fim de tarde. Ela, topless. Os dois enrolados na areia, bem diante da esplanada da praia. Posições arrojadas, levemente escandalosas, relativamente softcore; escuso de descrever. Grupos de estrangeiros bebendo cerveja, tirando fotografias à socapa, sorrindo, achando estranho que não haja polícia de costumes a intervir. Um deles, alemão, não resistiu: correu para o casal, em mini-sunga, e, de cerveja na mão, fez-se fotografar pelos amigos e por espontâneos que acharam graça. Repetiu a pedido de mais frequentadores do areal. Aplauso geral da praia. O casal continuou deitado na areia. Uma senhora a rondar os sessenta, solitária, continuou a beber o seu whisky e a dar batatas fritas aos pássaros. Os alemães continuaram a beber cerveja, envergonhados. O crepúsculo também prosseguiu. O que vão eles contar de nós em, digamos, Frankfurt, Heidelberg, Dusseldorf?
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 20.05.07
||| Praia, 1.
Ontem, na praia, houve música. Uma banda mexicana; nada de mariachis, nada de boleros; pelo contrário, rancheras e polcas, parecia Flaco Jiménez na esplanada. O pai de Flaco, Santiago Jiménez, foi um dos grandes mestres da polca e fundador de vários conjuntos de tex-mex. Flaco Jiménez tocou e cantou com Bob Dylan, Rolling Stones, Ry Cooder, The Clash, Hank Williams, Linda Ronstadt, Emmylou Harris, Santana ou (claro) Los Lobos. Seja como for, era um grupo tejano que estava por ali (ou broncos, como dizem em Mexico DF, depreciativamente), que inclusive tocou acordes de «Te Dejo en San Antonio».
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.