Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portugueses na Venezuela.

por FJV, em 08.08.17

Por motivos, digamos “literários”, colecionei histórias de emigração portuguesa um pouco por toda a parte – e do tempo em que não havia Skype, nem internet, nem voos acessíveis. Em quase todo o lado havia histórias de heróis. Em todos os continentes. De vencedores e derrotados, de luz e de sombra, de glória e de perda. Na Venezuela conheci gente que se espalhou de Caracas (no belo bairro da Candelaria) às cidades do petróleo, das ilhas à penumbra dos Andes, do Orinoco a Maracaibo – quase todos tinham sobrevivido às adversidades. Penso neles como heróis: no imobiliário e na construção, nos restaurantes e no comércio, no ensino e na agricultura. Guardo da comunidade portuguesa da Venezuela uma impressão amável e malandra, de gente ambiciosa e grata – o Centro Português de Caracas, obra coletiva, é a prova. Talvez um dia, quando a literatura ou o cinema portugueses quiserem fazer o retrato dos seus contemporâneos, eles possam figurar nessas páginas e nessas imagens como heróis discretos que defrontaram o país que os empurrou para a emigração e a terra que lhes está a ser tão amarga.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005