Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



«Defendemos uma liberdade de importunar, indispensável à liberdade sexual.» Obrigado, Catherine Deneuve – um módico de civilização no meio disto tudo.

por FJV, em 10.01.18

Nous défendons une liberté d’importuner, indispensable à la liberté sexuelle, é assim que começa o manifesto publicado ontem à tarde pelo Le  Monde, em Paris. Versões no Les Inrockuptibles, no L’Lexpress e na France Info.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.