Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Baleia azul.

por FJV, em 04.05.17

Está a decorrer, em surdina e cheio de palavras roubadas à “psicopedagogia” radiofónica, um debate sobre o Baleia Azul. Ouvi mencionar a solidão dos adolescentes, a atração pelo abismo, a falência do sistema de ensino, a falta de perspetivas de emprego (tinha de aparecer), os malefícios da internet, a cultura do risco (ui), a importância de consultas com neuropediatras (ui, ui), a depressão infantil, a privação de dinheiro (juro) – e tomei conhecimento da existência da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, além da “culpa” dos pais que não vigiam os filhos mas que, se vigiassem, seriam culpados de vigilância intolerável. Faltou falar da troika, do populismo, de sexismo e xenofobia, do peso das mochilas, mas acredito que estamos a tempo. Por simpática distração, suponho, os psicopedagogos consultados não se referiram à natureza criminosa do jogo (que incita à morte, o que é crime e basta), à falta de atuação da polícia, que nestes casos parece uma agremiação de sociólogos transcendentais, e ao carácter geralmente imbecil de muitos adolescentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005