Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 24.11.06
||| Cultura.
Ontem, no debate sobre Estado e Cultura, fui cilindrado por números. 260 milhões, fora os milhões reclamados por cada «agente cultural», fora aquilo que é dever do Estado fazer. Não sei onde páram todos os milhões de que ouço falar. Mas, para a preparação do aniversário da Casa Fernando Pessoa, esta manhã passámos um bom tempo a aproveitar autocolantes antigos para colar em sacolas de papel modernas para embrulhar presentes de aniversário da Casa a serem distribuídos no próximo dia 30. Os presentes de aniversário foram preparados pelo pessoal da Casa, e são bonitos, para distribuir pelas visitas. José Tolentino Mendonça, Manuel António Pina, Luís Quintais, Pedro Mexia, José Luís Peixoto e José Eduardo Agualusa virão ler poemas. Arranjem-me um bocadinho de um milhão. Não precisa de ser uma parte substancial.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005