Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 10.08.06
||| Epistemologia geral.
Ao ler que o novo treinador do FC Porto «nunca será um treinador analítico; antes multidisciplinar», fico mais tranquilo. O futebol nunca se deu muito com kantianos.
Teremos, portanto, um discípulo de Feyerabend, um Paul De Man dos relvados, alguém que tenha coragem de gritar para a defesa «deixem lá o Wittgenstein!» ou, durante os treinos, explicar porque é que os alas não podem ler Quine ou Russell, esse chato. Espero que, em todo o caso, seja alguém que tivesse lido Espinosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005