Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 04.05.07
||| Tenham medo.
Ségolène Royal repete os erros mais comuns e inesperados; ao dramatizar as eleições, dizendo que «votar Sarkozy é uma decisão arriscada», Mme. Royal adverte: «É da minha responsabilidade alertar as pessoas para os riscos desta candidatura [de Sarkozy] no que toca à violência e à brutalidade.» Na véspera das presidenciais portuguesas, a eleição de Cavaco era «um golpe de Estado constitucional», uma «ameaça ao regime» e «um risco de proporções incalculáveis». Eles nunca aprendem.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005