Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 02.06.06
||| Falar para a imprensa.
«Pois que agora temos que falar todos os dias?», perguntava Luís Figo aos repórteres que lhe mendigavam, à porta do estágio de Évora, o favor de uma declaração, uma declaraçãozinha que fosse, sobre as pubalgias, os metatarsos, o mister, o 4x4x2, o grupo de trabalho, seja o que for. Os jornalistas ficaram magoados. Mas não devem. Eles aceitaram «cooperar» com o Clube Portugal. Estão lá para servir de altifalante do que o Clube Portugal quer dizer, quando quer dizer, se quer dizer. «Pois que agora temos que falar todos os dias?»

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Flávio a 02.06.2006 às 08:48

eh eh eh eh Não conheço as declarações do Figo, mas são um belo exemplo do ponto a que chegou o excesso de futebol nos nosso media (merdia). É o que se chama fustigar um cavalo morto.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.