Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 08.02.07
||| Anos depois, muitos anos depois.
Artigo de Francisco Seixas da Costa sobre Aristides de Sousa Mendes e a «honra perdida do convento» (das Necessidades):
«Não é com agrado que constato que a minha geração diplomática, a primeira que entrou para o Palácio das Necessidades depois do 25 de Abril, foi habituada a ouvir sobre Sousa Mendes, quase sempre, palavras pouco simpáticas de colegas mais antigos do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Repito: tudo isto, depois do 25 de Abril! Não exagerarei se disser que, com muito poucas e bem honrosas excepções, a opinião largamente maioritária entre os poucos que se manifestavam sobre o tema, que durante anos foi sempre "incómodo" nas conversas nas Necessidades, continuava a ser muito pouco generosa para a memória do colega rebelde, como que prolongando no tempo a condenação da sua decisão de não cumprir quanto lhe fora ordenado pelo poder instituído e assistindo, com desagrado, à valorização pública desse dissídio.»
A história do isolamento e da condenação de Aristides de Sousa Mendes é das mais tristes da nossa covardia. Infelizmente, mesmo aqueles que lhe deviam uma protecção especial não agiram bem na época.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005