Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 09.09.07
||| Balanço & anti-previsão.













Vejo em repetição o Inglaterra-EUA e não há forma de me convencerem de que aqueles cavalheiros, de ar esbranquiçado, foram campeões do mundo seja em que reencarnação for (20-17 à Austrália na última final). Definitivamente, três ensaios (Rees, Robinson e Barkley) e duas conversões não são convincentes. E há aquele nome: Matekitonga Moeakiola, o americano devorador dos últimos quartos. As estatísticas são demasiado importantes no rugby para nos rirmos delas; é por isso que o 28-10 me lembra o tipo de futebol que os ingleses fazem nos últimos tempos. Não hão-de querer Scolari a treiná-los só porque gostam de bigodes, não é?

Hoje, dois jogos e uma batalha: os jogos são País de Gales-Canadá e África do Sul-Samoa (não percam estes rapazes); a batalha é a de Portugal contra a Escócia. A Miss Pearls, portanto, que saiba que nem só o futebol mobiliza os hooligans. E o Pedro Picoito, que prometeu não fazer trocadilhos em inglês, que se prepare para uma fase final digna.

Via Os Bigodes de Gato (o único blog que publica poemas de António Franco Alexandre, Ruy Belo, Kavafis e se interessa por rugby; escreve ele que o «o rugby é apaixonante quando disputado pelos melhores praticantes, e estes são valentes, nobres, dedicados, adoram a modalidade e são sérios, raramente ficando esticados na relva fingindo lesões. Quase nunca os vi discutir uma decisão do árbitro e o respeito por este, pelo jogo, pelo adversário e pelo público é uma constante»), aqui está o vídeo promocional do campeonato do mundo. Também há este, que resume a vitória portuguesa sobre as Fiji e este sobre as fases da selecção nacional. Mas este (de promoção do mundial da Austrália, em 2003) não me parece menos indicado para a ocasião; cuidado:



[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Blog anterior

Aviz 2003>2005