Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 29.04.07
||| Geração perdida.






Manuel S. Fonseca (que tem um dos perfis mais divertidos do Blogger na secção «Interesses»: «Eu não tenho interesse nenhum. É pelo menos o que me diz a moça do café...»), Pedro Norton, Inez Dentinho, Pedro Lains, Paulo Rangel, Jorge Buescu, Brandão da Veiga, Nuno Lobo Antunes, Sofia Galvão, entre outros, animam o Geração de Sessenta, que pretende ser, também, «uma contribuição egoísta para a defesa da nossa própria liberdade». O centro de tudo, diz o Geração de Sessenta, é «um espaço público em que, de modo livre e incondicionado, sem preconceitos, sem dogmas e com uma atitude assumidamente tentativa, se confrontam teorias e concepções distintas, ideias e visões opostas, das quais, em última análise, acabarão por brotar valores que nos implicam com tudo o que tem a ver com a vida contemporânea, da filosofia ao sexo, da arte à política, da história à moral, da liberdade a Deus». Para começar, é bom.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Blog anterior

Aviz 2003>2005