Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Comer.

por FJV, em 05.01.18

O frango com lentilhas de Marco Pierre White.

 

Por motivos exclusivamente profanos utilizei uma tarde de gripe recente para me familiarizar com as principais dietas alimentares prescritas pela internet. Os resultados não foram muito saudáveis. Explorei cerca de vinte e cinco propostas alimentares, desde as de ‘altas calorias’ e ‘altas proteínas’, que geralmente são preferidas pelo ser humano mais ou menos normal e pecaminoso – até às veganas, vegetarianas e macrobióticas ou àquelas que são promovidas por marcas de comida. Em resumo, gostei muito daquela, chamada mediterrânica, e daqueloutra que manda quase jejuar dia e meio por semana, à maneira dos eremitas cumpridores. A minha apreciação é simples: a melhor maneira de emagrecer é não comer. O resto são batalhas de titãs que servem para confrontos entre claques (cada uma adepta de um regime, mas todas eles fascizantes), desejosas de moldar a vida do seu semelhante através do estômago. O resultado é que fiquei cheio de fome ao fim deste passeio realizado com propósitos meramente científicos. Sinto-me capaz de passar de uma dieta a outra. Alguma coisa deve ter corrido mal.

[Da coluna no CM]

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.