Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Marte

por FJV, em 05.10.15

Há, em todas as eleições, um exercício aguardado com expetativa e emoção: saber quem ganhou. A resposta não vem com o apuramento claro do número de votos ou de mandatos, mas com os comentários talentosos que se prolongam ao longo de uma semana. Por exemplo, o momento delirante em que o PCP declara a sua vitória (e a «grande capacidade de progressão») sobre todos os outros partidos. A certa altura, a deputada Gabriela Canavilhas entrou no Altis – vinda de Marte – e constatou que não só o PS tinha ganho como, além disso, devia formar governo («O Partido Socialista deverá usar todos os meios que tiver à sua disposição para expressar a vontade do povo», um prodígio). Não se tratava de conjugar as suas ideias com as da esquerda – que a detesta – mas pura e simplesmente imaginar como poderia regressar ao poder, esse perfume vingativo. A atriz Maria do Céu Guerra, que estava lá dentro e é uma senhora com juízo, fez o reparo: a gente às vezes diz coisas.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds