Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Xiaolu

por FJV, em 28.01.14

Alguns dos nossos inteletuais suspiram em francês, com saudades do tempo em que eram mandarins, mas a chamada ‘língua global’ é o inglês. O que tem consequências, claro. Com o cinema e a televisão do seu lado, a máquina americana de ficção desvaloriza tudo o que não fala a sua língua nem obedece à sua gramática. A rebelião ocorre aqui e ali, mas episódica. O último episódio vem da Índia, do festival de Jaipur, onde a anglo-chinesa Xiaolu Guo (entre nós está publicado o seu belo ‘Aldeia de Pedra’), diante das televisões e da América reafirmou que a ficção americana está “massivamente sobrevalorizada”. Mais: “Se alguém escreve em japonês, ou vietnamita, ou português, tem de esperar até ser traduzido para inglês.” A menção ao português comove-nos, mas a verdade é que conhecemos poucos livros vindos de lá do Bósforo, dos mares da Ásia e do Pacífico. O centro do mundo continua a deslocar-se.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds