Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Até ao osso.

por FJV, em 16.01.14


Existe, nos EUA, um prémio de 10 mil dólares para inéditos de literatura policial. O júri decidiu em 2013 atribuir o galardão a Alaric Hunt, pelo seu livro Cuts Through Bone, já foi publicado (em Maio, nas versões papel, áudiolivro e e-book) pela editora Minotaur: a história centra-se sobre a porto-riquenha Rachel Vazquez, assistente do detetive Clayton Guthrie, encarregados de investigar a um assassínio que os transporta aos túneis de Nova Iorque e a uma sequência de homicídios de jovens mulheres de Manhattan. Alaric Hunt mostrou ser um grande conhecedor de NY e dos mecanismos do inquérito policial e da chamada “literatura de ação”. A surpresa veio quando a imprensa, que gostou do livro, quis falar-lhe: Hunt nunca esteve em NY. E onde vive? Numa prisão da Carolina do Sul. Desde quando? Desde 1988, condenado a prisão perpétua pela morte de uma jovem depois do assalto a uma ourivesaria. 

[Da coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds