Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



De um dia para o outro.

por FJV, em 25.03.11

Este é um tempo para corredores de fundo. Portugal tem um primeiro-ministro (José Sócrates) — e vários problemas para resolver. As reacções das últimas 24 horas, pesadas e medidas, falam de convulsões que não aconteceram ainda e de um espectáculo que ainda não começou. Há demasiada turbulência, volatilidade (não só a dos mercados, que se recompõe em jogadas de um minuto ou em manobras de longo curso) e ressentimento. Disso, só o ressentimento vai sobrar durante os próximos dois meses. Vai haver bastante, em doses estratosféricas, prontas a ser distribuídas por peões de brega. Ganhará quem resistir à tentação de subir o tom sem esquecer que há uma relação entre o sujeito e o complemento directo, salvo seja.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Oiçam, oiçam.

por FJV, em 25.03.11

Logo de manhã, o Luís Paixão Martins escreve duas coisas a reter (no Twitter): «Novo protagonismo de Francisco Assis é sinal que PS encara sucessão de Sócrates por António Costa. Seguro mais distante.» E: «Primeiro dia de combate pré-eleitoral com PS parece estar a desmoralizar PSD. Talvez sondagem ajude a recuperar. Isso e introspeção.» Sublinho o termo «introspeção»; parece-me adequado. Mas, Luís, A.J. Seguro está em introspeção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

As coisas são o que são.

por FJV, em 25.03.11

Filipe Nunes Vicente sobre o estado das coisas. A ler, como de costume.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds