Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A vida dá voltas.

por FJV, em 01.01.11

Sinto-me sempre assim, na hora dos crepúsculos, na hora das mudanças de ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Primeiro crepúsculo do ano. Isso sim.

por FJV, em 01.01.11

Dia 1 de Janeiro, fim de tarde. Isso sim. O mundo não mudou

só por mudar de ano; mas a imagem era esta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aniversários.

por FJV, em 01.01.11

Um ano de Cortex Frontal e seis de Da Literatura. Por razões diferentes, dois blogues de leitura diária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pólvora.

por FJV, em 01.01.11

Boaventura Sousa Santos descobriu-a, a propósito do Wikileaks: «O WikiLeaks tem algumas debilidades. Uma que é conhecida é que Israel foi poupado. Toda a gente esperava que, havendo uma libertação de documentos, Israel fosse o país mais embaraçado.» Ora aí está. Como é que isto foi acontecer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O grande objectivo das suas vidas.

por FJV, em 01.01.11

Espanta-me muito que os responsáveis da Saúde, as sras. Auctoridades, tão ocupadas agora a meter-se entre gente adulta, proibindo-as de almoçar onde querem, se querem fumar depois de almoço sem incomodar ninguém, se querem seja o que for, não tivessem antes trabalhado esta vergonha. Destaquem, pois, a ASAE para as discotecas e bares que servem shots a 1 euro a pré-adolescentes de 12 e 13 anos, que vendem «absinto» a alunos das secundárias e vinho em garrafas de plástico a miúdos que saem para ir ao cinema; há muito exemplos. Quando vivi na R. das Janelas Verdes por uns meses, entre a barulheira infernal das quintas e sextas à noite (um país de merda, improdutivo e sacana, que regista as quintas-feiras como um dos dias mais noctívagos da semana...), havia agentes a prestar segurança à porta de bares onde se vendia álcool a miúdos que, daí a meias-horas, estavam caídos no passeio, entre vómito e gente a perguntar pelos seus filhos. Nessa altura escrevi bastante sobre isso. Estava indignado, mas o que estava na moda era proibir o fumo. Apoiei a lei do tabaco como ela está, por ser sensata, moderada, e por assegurar que nenhum não-fumador seria obrigado a fumar os cigarros e charutos dos outros. Dois ou três anos depois, já não sei, os mesmos burocratas que não se importaram com as denúncias sobre o alcoolismo juvenil e pré-adolescente, preparam-se para agravar a lei do tabaco, o grande objectivo das suas vidas. Bom ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mário Cesariny. 2

por FJV, em 01.01.11

 

Na foz do Rio Minho

 

Com as mãos na água fria era melhor.

Tu largavas a vela e o mar cobrava

De ondas mansas a barca sem motor.

 

Eu tinha o medo que a alegria dava

Ao teu quase francês e ao meu espanhol

Que a nenhuma das línguas namorava.

 

O monte de Santa Tecla e em baixo o Forte,

Eremita mirabndo as laranjeiras

Das abras Norte e Sul e Sul e Norte.

 

Tu sol a pino eu senhor do croque

Que com um seco raspar de unha

Batia as margens sóbrias da Corunha.

 

Mário Cesariny, Manual de Prestigiditação

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds