Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vá lá.

por FJV, em 10.11.10

O Irão não conseguiu eleger-se para a UN Women (agência criada pela ONU «para defender os direitos das mulheres») mas estão lá a Arábia Saudita e o Congo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu, abaixo assinado, aceito as escolhas do júri. Mas os dados são estes.

por FJV, em 10.11.10

Alguns leitores acham que me espalhei por ter escrito sobre o absurdo funcionamento do Prémio Jabuti — tão absurdo que foi parar às mãos de Chico Buarque, classificado em segundo lugar na categoria «Romance». Acontece que Chico foi distinguido, menos de uma semana depois, com o Prémio Portugal Telecom, que a PT local atribui a livros de língua portuguesa publicados no Brasil (em Portugal, a PT é muito menos literária). Ora, vamos a contas: é, ou não é absurdo que Chico Buarque receba o Prémio Jabuti «de ficção», atribuído pela Câmara Brasileira do Livro (que sempre preza muito as suas orientações comerciais e os favores políticos), depois de ter ficado em segundo lugar em «romance», de não ter figurado nas categorias de crónica, conto ou biografia? Que superlativa categoria é essa que repesca os segundos lugares das «categorias de ficção» (o romance, a crónica, o conto, a novela) para os eleger como grandes vencedores ao som de «Dilma! Dilma! Dilma!», como aconteceu na semana passada em São Paulo? Garantam-me a sua existência e eu dou-me por vencido. Como é possível que, em 2004, o terceiro lugar (uma menção honrosa) na categoria «romance» tenha sido declarado vencedor absoluto do Prémio Jabuti, ultrapassando escritores como Bernardo Carvalho (primeiro prémio na categoria «romance»), Luiz Antônio Assis Brasil (segundo lugar na categoria «romance») e Sérgio Sant‘Anna (primeiro lugar na categoria «conto e novela») ou jornalistas como Caco Barcellos (vencedor na categoria «reportagem»), senão para humilhar a lógica, festejar Chico Buarque, e criar um feliz matrimónio político-comercial? Não me fodam.

Que Chico Buarque, uma semana depois dessa ignomínia, e seis anos depois de outra, pior, tenha sido premiado pela Portugal Telecom, é-me completamente indiferente. Custa-me a acreditar que Leite Derramado seja considerado melhor do que os livros de Bernardo Carvalho, Bernardo Ajzemberg, Luiz Ruffatto, José Eduardo Agualusa, Rubem Fonseca, Ana Miranda, Dalton Trevisan ou o fantástico romance de Reinaldo Moraes. Mas aceito os critérios do júri. Eu, abaixo assinado, aceito os critérios e as decisões do júri. Não acho aceitáveis os critérios do Jabuti nem o desenho de circunstâncias que rodearam a sua atribuição a Chico Buarque, um excelente compositor até certo momento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Disk Denúncia.

por FJV, em 10.11.10

A página da Procuradoria-Geral da República aloja a partir de agora um link para denunciar actos de corrupção — está lá, apelativamente, isto: «Denuncie aqui. Projecto Fenix». No Brasil há serviços de «disk-denúncia» em todos os serviços e que, segundo os dados publicados, são autênticas badernas virtuais, um saco sem fundo de misérias, denúncias sem sentido, vinganças em público, etc. A PGR tem agora o seu «disk-denúncia». Não sei se existe noutros países europeus, mas deve existir a julgar pela menção ao Projecto Fénix, que me soa a fundos europeus. O historial da PGR é muito supimpa nesta matéria; tem resistido a todas as denúncias que pode, sobretudo se visam o «governo & as auctoridades». A PGR sabe estabelecer barreiras onde convém. Por curiosidade fui ver como funcionava o «disk-denúncia» da PGR (mesmo que exista noutros países não deixa de ser uma alarvidade ao serviço dos vizinhos ressentidos). O link funcionava maravilhosamente — aparecia essa página que reproduzo acima: «Esta ligação não é de confiança.» «Não podemos confirmar que a sua ligação é segura.» «A identidade deste sítio não pode ser verificada.» Como eu suspeitava, exactamente. Não é de confiança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Com cinco ou mais anos de atraso.

por FJV, em 10.11.10

Uma notícia que só nos devia regozijar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds