Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Se o medo pode dar votos, tenham medo.

por FJV, em 15.08.09

Não se percebe como pessoas inteligentes alinham na táctica do desespero e na ideia de que o caos virá se não formos para o poder. Votem PS ou virá o caos. Votem PS ou virá a barbárie a rodos, queimarão Garcia d'Orta em efígie e irão perseguir -- pela rua fora, empunhando o látego da moral -- os adúlteros e o sexo antes do casamento. Votem em Sócrates ou Portugal regressará a Alfarrobeira, virá a forca com os apaniguados de D. Miguel, os rios deixarão de desaguar no Atlântico e as criancinhas deixarão de saber manejar os Magalhães. Votem Sócrates ou Portugal voltará a albardar-se no pronto a vestir da Saville Road de Sta. Comba Dão, trajando de colete e lenço tabaqueiro e de xaile negro na cabeça. Ou Sócrates é eleito ou eles virão para destruir os livros das bibliotecas. Ou nós somos chamados à unção, ou desaparecerão os restaurantes civilizados, os carros eléctricos e os bares do Bairro Alto abertos até às três. E vós, que votais à nossa esquerda, pensai bem se quereis a Pátria a resfolegar de insegurança ou, pelo contrário, a dar vivas ao cartão único (símbolo máximo de civilização e de modernidade), ao inglês técnico, aos losangos desenhados a computador, aos PIN e ao teleponto. A qualidade da liamba piorará a olhos vistos. Ressuscitará o Verde Gaio. O Algarve será entregue aos marroquinos e vai passar a ensinar-se o criacionismo nas escolas. Vai ser um tempo terrível e desenhar-se-á o caminho do exílio. Iremos para Londres, como os emigrados de oitocentos, defender a Carta. Tende medo. Mas o que deu a esta gente?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pingo de pudor.

por FJV, em 15.08.09

Um nadinha. Um pouco. Um fragmento de pudor. Mas nem isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Woodstock.

por FJV, em 15.08.09

A 15 de Agosto, os nostálgicos de Woodstock poderão fazer um balanço de 40 anos da sua geração. O que começou por ser um “negócio interessante” para os seus organizadores acabou transformado num símbolo geracional e num monumento do rock. Para todos os efeitos, a canção ‘Let’s Go Get Stoned’, de Joe Cocker, pode permanecer como memória do festival americano, que ao longo destes 40 anos tem sido apontado como epicentro de um protesto global em nome ‘das novas gerações’. Sim senhor. A esta distância simpática, o que fica é a música – o resto são imagens do tempo. Por ironia, Woodstock comemora os seus 40 anos na mesma altura em que o Cartão Jovem português passa a beneficiar adultos até aos 30 anos. Não há nada mais irritante do que o mito da eterna juventude.

[Na coluna do Correio da Manhã]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Faltou ao 31 da Armada um «cameo» de Hitchcock.

por FJV, em 15.08.09

 

Alfred Hitchcock completaria hoje [13 de Agosto]110 anos. Hitchcock não foi apenas um génio do cinema – foi um criador notável e irónico que encheu de luz a arte de contar histórias. Tinha, a favorecê-lo, precisamente isso: a ironia e o humor, coisas que desapareceram da nossa vida quotidiana para serem ocupadas pela boçalidade e pelo patrulhamento ideológico. A rapaziada que trocou as bandeiras no município de Lisboa mostrou, sem querer, a falta de sentido das proporções da nossa opinião política, que viu no acto um atentado contra a República, coitada. O gesto é inofensivo mas simbólico – uma marca de malandrice nos dias chatos da República, isso sim. Ao episódio apenas faltou o tradicional ‘cameo’ de Hitchcock, com o realizador a passar na rua, levando um peru debaixo do braço. Ou um contrabaixo, vá lá.

[Na coluna do Correio da Manhã]

Autoria e outros dados (tags, etc)

30 anos.

por FJV, em 15.08.09

O Lourenço A. Cordeiro tem toda a razão neste post sobre o Cartão Jovem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E sem pontos de exclamação.

por FJV, em 15.08.09

Uma pessoa que escreve assim pode cometer outras coisas: «desorganização doméstica fruto deste sedear municipal na enorme sala de estar sem vista para a cidade e janelas para a realidade».

Mas isto também tem os seus méritos: «Tenho pouco de ‘pachequiana’, mas a divisão esquerda/direita parece-me castradora por razões que se prendem com o facto de um único vector de análise de enquadramento político ser pouco fiel à complexidade do pensamento individual.»

Autoria e outros dados (tags, etc)

É bem feito.

por FJV, em 15.08.09

«The classic movie Casablanca, starring the late Humphrey Bogart, could be restricted to adult viewers as it fails to explain that cigarettes are bad for you.»

Via.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ideias úteis e impopulares.

por FJV, em 15.08.09

Fechar os bares do Bairro Alto à 1 da manhã para evitar encontrar estes bimbos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds