Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lembram-se? Os títulos estão de volta.

por FJV, em 24.07.09

 

  

  Campeões, campeões. Já está.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O ponto de exclamação.

por FJV, em 24.07.09

Concordo em absoluto com o Senhor Palomar. Quem trabalhou comigo, em redacções de jornais e revistas, sabe que todos os livros de estilo baniam duas coisas essenciais: pontos de exclamação e reticências. As reticências, num jornal, eram um aviltamento do dever, do carácter e da rectidão estilística de um jonalista; nas páginas de um jornal, a sua utilização é um sinal de preguiça e de leviandade. Quanto ao ponto de exclamação, o abuso na sua utilização apenas prolonga a histeria do autor, a gritaria, e muitas vezes a sem-razão de um texto, para não mencionar a agressividade ou o gosto português pela indignaçãozinha. Lembro as segundas-feiras em que não havia primeira página de A Bola sem pelo menos quatro pontos de exclamação, mas também edições circunspectas do Luta Popular (no tempo em que era dirigido por Fernando Rosas caiu um nadinha a percentagem, mas a era de Saldanha foi fatal) em que não faltavam oitenta e dois pontos de exclamação na página 2. O ponto de exclamação é um excesso de ruído que não acorda ninguém, uma espécie de martelo pneumático colocado no final de uma frase.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Efeméride.

por FJV, em 24.07.09

Praia dos Ladrões, depois «da Memória», na Areosa do Pampelido. E um divertimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leitura.

por FJV, em 24.07.09

Na Boston Review, o anti-semitismo na Venezuela chavista: «When a regime relies on populism, military uniforms, homophobia, and anti-Semitism, it is time to worry

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds