Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda Casablanca.

por FJV, em 15.07.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confissão.

por FJV, em 15.07.09

Estou a ler um romance passado em Newark. Conheço o cenário graças ao autor do romance; passeei com ele nas ruas onde Tony Soprano se despede da irmã (que regressa ao Ohio, ou coisa parecida), a estrada do genérico dos Sopranos, as pastelarias portuguesas, o crepúsculo na universidade (a Rutgers), as ruas onde passeei com este cavalheiro, o corredor onde estive à conversa com este. É uma bela surpresa, o romance. Também conheço o objecto que é o seu epicentro, o trompete de Miles Davis. Mais novidades em breve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Revista de blogs.

por FJV, em 15.07.09

«Ando a ser seguido no twitter por uma senhora que em tempos me despediu.»

Pedro Vieira, no Irmão Lúcia.

 

«Não sei porquê, a vida é muito mais difícil para as pessoas de carne e osso.»

No A Menina Limão.

 

«Da próxima vez que sair do duche sem enxaguar a espuma do sovaco direito, este blogue acaba.»

Maradona, no A Causa Foi Modificada.

 

E umas fotografias memoráveis de Veneza do Luís M. Jorge, que regressa à blogosfera. E umas observações sobre «as maminhas de Kim Novak». E um insuspeito estudo sobre a influência de Saramago nas novas gerações. E a notícia do abandono temporário do Ouriquense, agora que as suas histórias estavam a aquecer. E observações contumazes e atiladas sobre a mais recente edição da Playboy, sobre aquela espécie de ser chamado Cláudio, e sobre como a vida é. E uma releitura do Old Parr.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estatísticas.

por FJV, em 15.07.09

Quem corre atrás das estatísticas acaba a ser devorado por elas. É o que acontece com o Ministério da Educação, que ainda não descobriu que "os números" atrapalham "as estatísticas". Na semana passada, e muito bem, a ministra deixou um ralhete (merecido) aos alunos, acusando-os de não se terem preparado. Agora, treslendo os números dos resultados do 9.º ano, declarou que eles devem encher-nos de orgulho. Toda a gente aceita que o ministério não é responsável pelas notas dos exames, mas os seus responsáveis (com a inestimável contribuição do secretário Valter Lemos, uma luminária) teimam em associar-se porque gostam de boas estatísticas, mesmo manipuladas. Esta trapalhada só serve para tirar qualquer pingo de credibilidade ao ministério da Educação, o que é uma pena.

[Na coluna do Correio da Manhã]

Autoria e outros dados (tags, etc)

As contradições de classe.

por FJV, em 15.07.09

«Vocês, editores, digamos que estão um bocado submetidos à lógica de mercado, não é?»
«Como é isso?»
«Publicam umas coisas p’raí... Fotos na capa e tal. E livros que não sei, não sei...»
«Eu também não sei. Na maior parte das vezes também não sei. Uma pessoa gosta de um livro, acha que o livro pode ter algum êxito, acredita num livro e depois, enfim.»
«Não se vende, é?»
«É.»
«É o que eu digo. Vocês estão na lógica do mercado. Inacreditável, pá. É o êxito, o sucesso, isso tudo... Bom, querem publicar o xxxxxxxxx, ou não?»
«Não posso. Não podemos. É uma tese de doutoramento um bocado complicada, ainda por cima não queres trabalhar o texto, tirar uma parte das notas de rodapé...»
«É o que eu digo, vocês estão todos na lógica do mercado.»
«Sim, mas assim só se vendiam cinquenta ou sessenta livros.»
«Toda a gente vai comprar, pá, toda a gente.»
«Hum.»
«Ainda por cima não sai nada sobre isso há vinte anos.»
«Hum.»
«E é um livro a sério. Quatrocentas páginas. Na universidade, pá.»
«De onde é que achas que sai o dinheiro?»
«Só pensam nisso, vocês.»
«Não. Também pensamos nos livros.»
«Vocês só pensam no marketing, pá. Não quero marketing nenhum no livro, ouviste?»

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds